Sem categoria

Problemas de uma pessoa tímida

IMG_1166-0

Eu sou uma pessoa tímida, sempre fui. Mas acontece que eu realmente sofro de timidez excessiva. Vou falar de alguns sentimentos chatos que fazem parte da timidez.

1. Algo simples se torna difícil.

Eu penso que ao conversarem comigo, as pessoas vão me achar uma idiota ou uma lerda. Fico com vergonha de responder um “oi”, assusto quando alguém que eu não converso vem falar comigo, o coração acelera e não sei porque. É embaraçoso, pois me embolo nas palavras por pensar tanto e não ser nada espontânea com quem não tenho intimidade. Se a pessoa tenta ser engraçada comigo e não consegue, acho que a pessoa percebe quanta m*rda ela falou e se sente mal, porque eu demonstro o que sinto e não sei disfarçar. Por isso, uma simples entrosada comigo se torna difícil. Sinto vontade de pôr a cabeça na terra, assim como um avestruz. Será que sou a única?

2. Nada é fácil.

Acho idiota esses papos rápidos de elevador como “hoje vai chover, o tempo tá feio, né?”, nunca sei liderar uma conversa, as vezes os outros devem me achar sem conteúdo e metida. Mas não, eu juro que é apenas timidez. Não que eu me importe! Não me importo mesmo. Já levei um puxãozinho de orelha no serviço por ser tímida. Tendo a responder, não pergunto muito, evito parecer invasiva, odeio isso!

3. Fazer amigos é difícil.

Isso faz parte da vida dramática de uma pessoa tímida. Não consigo fazer amigos na fila do pão, como a minha avó! Sempre acho que o que falo é desnecessário. Conversar muito não é necessário, ainda mais com quem acabei de conhecer! Também penso que essas pessoas que eu converso pouco não vão ser meus amigos nunca, aquilo é uma coisa momentânea, quando eu precisar de um ombro amigo, não vai ser essa pessoa… Por isso, fazer amigos é difícil. Eu costumo me apegar fácil às pessoas e quando percebo elas se foram. Não foram meus amigos de verdade. Considero esse tipo de amizade a “amizade de fila do pão”. Minha mãe sempre me chamou de bicho do mato, pois tendo a me isolar. Tudo é um drama para mim. Amizade pra mim tem que ser recíproco, tem que ter muita confiança um no outro, e pra construir isso leva tempo, não acontece de um dia para o outro. Dá pra entender o drama todo? Minha mente vai muito além quando o assunto é amizade.

4. Amo ficar em casa.

Pra que sair de casa se tenho um quarto decorado por mim, com ar condicionado, tv à cabo, uma cama maravilhosa, tomadas pra carregar o iphone e namorado? Não preciso sair daqui, meu quarto é um refúgio. Evito situações chatas. Se eu sair, posso encontrar pessoas desagradáveis, ter que conversar com elas, fingir que estou confortável sendo que não estou, posso me envolver em problemas, acidentes… é, tudo conspira para o negativismo. Mas eu luto para me manter positiva. Me sinto anormal com todas essas ideias loucas. Esses são alguns problemas que enfrento diariamente. Não é fácil! Será que mais alguém é desse jeito? O drama é tanto que até tatuei um barquinho numa xícara, que significa que eu faço tempestade em copo d’água, e que sou como uma xícara de chá, muitos gostam e muitos não gostam! Não tenho a intenção de fazer média e nem agradar ninguém. Faz sentido né?

God bless the shy people!

Beijos!

Isa

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s